TSE dá 48h para Lula se defender da acusação de antecipar campanha

O ministro Napoleão Nunes Maia, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou nesta quinta-feira (9) prazo de 48 horas para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresente defesa para a acusação do Ministério Público Eleitoral de que ele está antecipando campanha à Presidência da República em 2018.

© REUTERS/Ueslei Marcelino Determinação é do ministro Napoleão Nunes Maia, do Tribunal Superior Eleitoral

O ministro Napoleão Nunes Maia, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou nesta quinta-feira (9) prazo de 48 horas para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresente defesa para a acusação do Ministério Público Eleitoral de que ele está antecipando campanha à Presidência da República em 2018.

As informações são da coluna Expresso, do site da revista Época.

+ Bolsonaro é condenado a pagar R$ 150 mil por ofensas homofóbicas

O MPE apresentou denúncia com base um vídeo postado nas redes sociais, cujo título é “Ele está voltando”. O conteúdo da publicação foi considerado exagerado. O petista também é questionado por participar de uma inauguração de obra de transposição do Rio São Francisco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here