Monitor da Violência: em 5 casos informados pela polícia, apenas 1 houve prisão

Novo levantamento feito pelo G1 mostra o andamento dos inquéritos. São 13 casos no Maranhão; ao todo, no Brasil, são 1.195.

O G1 registrou, no período de 21 a 27 de agosto, todas as mortes violentas ocorridas no Brasil. Agora, acompanha todos esses casos. O trabalho é resultado de uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência (NEV) da USP e com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Com uma série de iniciativas que envolvem reportagem e análise de dados, o projeto se chama Monitor da Violência.

No Maranhão, dos treze casos acompanhados a polícia repassou informações apenas sobre quatro. Desses, em três os autores do crime não foram identificados. No único caso em que há identificação o autor confessou o crime, mas está em liberdade.

O G1 Maranhão acompanha homicídios registrados entre os dias 21 e 27 de agosto. Só no dia 26 de agosto, três homicídios ocorreram em Itapecuru Mirim, a 120 Km de São Luís. Wilteharlys Rodrigo Nicácio Ribeiro foi morto por arma branca, segundo o Instituto Médico Legal (IML). O inquérito está em andamento e o autor do crime ainda não foi encontrado. No mesmo dia, Thallyson Rodrigo Gomes, de 23 anos, foi morto por arma de fogo. A polícia também não encontrou o autor do crime e o inquérito ainda não foi concluído.

Em outro caso, Rozildo Batista Costa Ferreira, de 25 anos, foi encontrado com perfurações de arma branca por volta da 1h da manhã. O inquérito do caso continua em andamento pela Delegacia Regional de Itapecuru Mirim. O autor do crime se apresentou espontaneamente e se chama Magno dos Santos, também conhecido como “Magro Velho”. Ele confessou o crime, mas está em liberdade. A Delegacia informou que ainda aguarda ouvir outras testemunhas do caso.

Em São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís, a polícia ainda investiga a morte de Ana Patrícia Lemos de Castro, de 20 anos. Ela foi vítima de asfixia por enforcamento na própria casa, localizada na Campina, durante a tarde do dia 25 de agosto. Uma corda foi encontrada no local do crime. A polícia acredita que pode ter sido um caso de suicídio. Contudo, o inquérito ainda não está concluído.

Já no dia 27 de agosto, durante o evento ‘Garota White’ de Wesley Safadão, em São Luís, Nilo Vitório Saraiva Pontes, de 36 anos, foi morto por disparos de arma de fogo. Ele trabalhava como segurança no evento. O autor do homicídio, segundo a polícia, é Lucelmo Farias Gomes, de 31 anos. O caso está na 1ª Vara criminal do Júri, em São Luís, que converteu a prisão preventiva de Lucelmo. Até o momento, a última informação da justiça indica que o réu continua preso.

Nos outros 8 casos a polícia não informou o andamento do inquérito. Veja abaixo

22 de agosto: Em São João Batista, distante 280 km de São Luís, um homem identificado apenas por ‘Ciriato’ foi morto a tiros por uma pessoa ainda não identificada. De acordo com testemunhas, o crime foi por volta das 17h no povoado Jamari, na zona rural da cidade.

22 de agosto: Sidioney Silva da Cunha, de 27 anos, conhecido como ‘Sid’, foi morto a tiros em Rosário, distante 67 km de São Luís, e teve morte confirmada no local. O crime aconteceu na Rua José Maria Prestes, no bairro Cidade Nova.

23 de agosto: Um homem foi morto no bairro Camboa, em São Luís.O nome dele não havia sido identificado na época, mas a polícia acredita que a vítima tinha aproximadamente 30 anos. O corpo foi encontrado com perfurações de arma de fogo.

23 de agosto: Wellington Werberth Silva da Costa, de 17 anos, foi morto após sequestro, na cidade de Centro Novo do Maranhão (distante 477 km de São Luís). Na época, os autores do crime ainda não haviam sido identificados.

24 de agosto: O corpo de um homem foi encontrado em estado avançado de decomposição na Maiobinha, bairro da zona rural de São Luís. Os moradores da área que encontraram o cadáver e informaram o fato à polícia.

25 de agosto: Francisco das Chagas Ferreira foi morto por arma branca no bairro Pirâmide, na Raposa, Região Metropolitana de São Luís.

25 de agosto: O vereador de Governador Nunes Freire, Kedson Rodrigues (PPS), de 38 anos, foi encontrado morto em Turilândia, a 160 km de São Luís, com várias perfurações de faca. O corpo do vereador Kedson Rodrigues foi encontrado por populares em um matagal que fica situado próximo de um povoado da cidade.


Warning: A non-numeric value encountered in /home1/folha601/public_html/folhadoma.com/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 1008

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here