Pimentinha e Edgar: Sampaio diz ter “acordo”, mas Remo diz que atletas jogam

Jogadores estão emprestados pelo Tricolor ao time paraense e clubes se enfrentam na próxima segunda

O torcedor boliviano se acostumou a ver Pimentinha e Edgar desmontando as defesas de se seus rivais. Mas, agora, os tricolores terão os dois atacantes como adversários. Emprestados ao Remo, os jogadores estarão em campo, na próxima segunda, no Castelão, no duelo entre maranhenses e paraenses.

Tentando não enfrentar a dupla, a diretoria do Sampaio Corrêa chega a dizer que tem um “acordo de cavalheiros” com a direção do Remo, mas confirma que não há nada previsto no contratado dos dois.

– O que há entre o Sampaio e Remo é um acordo de cavalheiros, que espera-se ser cumprido, já que os atletas foram cedidos sem custos – enviou em nota a assessoria do Sampaio Corrêa.

Vale lembrar, que na resolução atual do regulamento de transferências de atletas, voltou a ser previsto este tipo de cláusula proibitiva, mas ambos jogadores não tem este item escrito nos contratos de empréstimos.

– Nas transferência por cessão temporária (empréstimo) de atleta profissional, incumbe, privativamente, aos clubes cedente e cessionário ajustar a participação do jogador nas partidas em que se enfrentem – diz o regulamento de transferência em seu artigo 35.

A mais tempo no Remo, Edgar é principal promessa de gols do Leão (Imagem: Globo Esporte)
 A assessoria do Remo confirmou que não há nenhuma cláusula que proíba ambos os atletas de atuarem contra o Sampaio. Informa ainda que o presidente do Sampaio, Sérgio Frota, procurou o Remo para que os atacantes não atuem diante do Tricolor, mas afirmou que eles jogarão por próprio pedido dos atletas.

– Segundo o nosso Diretor de futebol, Marco Antonio Pina, ouve um pedido do Sérgio Frota para os dois não jogarem, mas os próprios atletas já demonstraram interesse em jogar a partida e disseram que não vão aceitar outra coisa – afirmou a assessoria do Remo.

O técnico da equipe paraense, Oliveira Candindé, mostrou desconhecer a mudança na regra, mas afirmou que pretende contar com os dois.

– Acho que tanto nós quanto o Sampaio, se formos nesse caminho, correremos o risco de sermos punidos. Pelo que saiba isso não existe mais. Vou trabalhar com o que tenho de melhor – afirmou.


Warning: A non-numeric value encountered in /home1/folha601/public_html/folhadoma.com/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 1008

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here